Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2010

Que lugar para o patriotismo?

Imagem
Portugal, que país és tu? Um país que cantámos no Passado, mas a que hoje lamentamos de pertencer. País que invocamos, pelas glórias do Passado, mas a que hoje todos se envergonham de pertencer. Falamos de "fazer à Portuguesa" para descrever a falta de qualidade naquilo que fazemos, a trapalhice, a desorganização, o chico-espertismo. Portugal não é sinónimo de qualidade. Comparemos por exemplo com a Suiça: este país é sinónimo de qualidade, de coisas bem feitas. O nome "Suiça" vende. Um canivete suiço, um chocolate suiço, tantas coisas mais que se valorizam por ter lá o nome "Suiça". As coisas são assim porque nós sujamos o próprio nome de Portugal nas conversas que vamos tendo. Não que as coisas estejam bem, não estão. Será que compreendemos que o nosso País é dos que tem um maior atraso cultural em toda a Europa? E que está na periferia, na finisterra da Europa? Enquanto os Países Protestantes puseram quase todas as pessoas a ler no séc. XVI (a Imp

Crónicas de Nárnia - literatura do fantástico

Imagem
C.S. Lewis, professor de Literatura e Filosofia em Inglaterra durante a primeira metade do século XX é o autor das Crónicas de Nárnia, uma série de 7 livros que que se tivessemos que classificar diríamos que pertence à chamada "Literatura do Fantástico". Este homem, que é duma clareza e lógica impressionantes em textos como "Mere Christianity", nesta série de livros realiza uma saga em que algumas crianças são transportadas para um mundo diferente e postas à prova. Num texto muito apelativo ("João Sem Medo"), Gomes Ferreira, fez também aquilo que C.S.Lewis tão eficazmente consegue: criar um universo de personagens que põem à prova o carácter da pessoa. Ora vemos João Sem Medo a saltar o muro para a floresta e a deparar-se com o gramofones (que sempre dizem a mesma coisa, e nada de interessante...), com um príncipe feio (inseguro e, se calhar por isso, déspota), com uma natureza hostil, um deserto, um pântano, etc, etc. Não são tudo isso parábola