Mensagens

A mostrar mensagens de Julho, 2016

Taizé

Imagem
La paix de Dieu. Si on peut faire du monde un lieu de la comunion - c'est la parole mais aussi la realité vecú. En Taizé, le silence, la fraternité c'est possible. A fragilidade. A fragilidade do verdadeiro, da verdade. Que não se protege e que levou até à morte do seu fundador. O irmão Roger sonhou uma comunidade de amor, onde se seja irmão, filho de Deus. Esta é uma comunidade de amor. Uma comunidade onde Deus está presente, da bondade do coração.

Sicília

Imagem
Perto de minha casa, no Poço dos Negros, sinto-me em Palermo, Sicília. Os prédios apalaçados em ruína, a sujidade e o calor que liberta os odores, a roupa pendurada nas janelas. No ano passado, o meu Verão, passei-o na Sicília.   Não sei porquê, mas há um em mim que gosta disto, da sujidade e da "ordure". Há um em mim que gosta de andar assim, de calções e t-shirt, de mochila às costas.  Adoro cidades, adoro o movimento que as cidades têm. Da mole de gente que se "passeia" pela cidade.  Se gosto de Estocolmo, também gosto imenso da Baía. Se gosto imenso de trabalhar, também gosto imenso da moleza duma "tarde em Itapuã".  Assim, ontem, enquanto bebia uma caneca de cerveja e um pita shoarma no Poço dos Negros, a minha mente voava para Palermo, para aquela rua suja, rodeada de lindos mas decrépitos palácios e que é a grande artéria dessa cidade, que passa pela catedral. Pensava em Lampedusa, recordava-me de Nicoletta Polo, casada com Giachi

Democracia directa

Imagem
No outro dia tive uma discussão com um amigo meu. Ele dizia que odiava o Costa, que ele era um sem carácter. É muito difícil discutir com alguém que apenas se baseia em ódios/amores pessoais, pois não há argumentação possível. O que eu lhe dizia é que sob o plano jurídico e até no jogo democrático-representativo que é o que temos hoje em dia nas nossas sociedades, é perfeitamente possível um governo cair na assembleia e foi o que aconteceu. Ele dizia que o que ele fez foi trair a confiança dos portugueses, que devia então ter dito que iria formar uma coligação, coisa que ele nunca disse que iria fazer. Eu não sei se ele deveria ter dito, o que me parece é que ele não sabia que iria perder as eleições - essa é que é a verdade. E depois tudo são conversas.  Lisboa está debaixo de grandes obras públicas. Praças, avenidas. Não tenho dúvida que tudo ficará melhor. Muito mais verde. E certamente melhor. É assim que deve ser a tendência, cidades mais agradáveis para se viver. Mas muitos