Mensagens

A mostrar mensagens de Julho, 2009

Manifesto a Favor dos Pedagogos

Imagem
Há quem diga que se educa mais pelo exemplo do que por palavras. Concordo. Mas não posso deixar de dizer que nas atitudes, na nossa postura, quando falamos de exemplo falamos também na mensagem corporal que transmitimos. A linguação corporal, a expressão do nosso rosto, valem muitas vezes por muitas palavras. Lembro-me do Pre. Burguete, jesuíta que nos deixou há poucos anos, quando parava nas suas missas porque tocava um telemóvel... não era preciso nenhuma palavra: a sua expressão dizia tudo e todos a compreendiam. A eficácia da nossa mensagem tem que ver com o que somos e com a verdade e a densidade que transmitimos, ou deixamos de transmitir. O pedagogo é um "filósofo activo", na expressão que agora invento. A sua sabedoria vale enquanto e na medida em que a utiliza. E é ou tem que ser um comunicador. Um comunicador na acepção vasta que utilizo atrás: não é apenas a palavra que vale, é toda a expressão da sua personalidade que chega aos outros e que é entendida.