Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2011

Pedro Strecht - uma certa harmonia, notas sobre arquitectura, urbanismo e saúde mental infanto-juvenil

Imagem
Num pequeno livro prefaciado por Siza Vieira, Pedro Strech aborda uma questão essencial: como é que uma casa, uma cidade afectam a saúde mental das crianças. Todos nós sabemos intuitivamente que uma casa, uma cidade, pela maneira como se apresentam e se organizam têm consequências no bem-estar ou mal-estar das pessoas que as "habitam". Interessante é que esta abordagem é uma abordagem não apenas bem escrita, em certos momentos até poética, como também fundamentada teoricamente no domínio da psicologia. É interessante ver como Pedro Strecht toca num ponto fundamental: nestes dormitórios em que reside uma grande parte da população portuguesa, como é que as crianças crescem?: " à criança e ao adolescente comum restam pois 12 ou 15 m2 de espaço diário (os seus quartos), sem possibilidade de se desenvolver em maior comunhão com a natureza, sem correr, brincar, expressar e realizar todo o tipo de actividade física que só o espaço livre permite ". E fala duma pro

Long time, no see

Imagem
Entrado no blog, pescando à linha uma frase de menina com diário fechado à chave, e que começa sempre por "meu querido diário", referindo-se ao próprio sempre na 2.ª pessoa do singular, aqui estou eu, face ao blog que criei sobre assuntos de educação, ou melhor, de pedagogia. Muito tempo de facto, se passou sem que "a ti viesse" dar conta de mim. Mas foi tudo que mudou, foi o todo do mundo que se mudou e que vertiginosamente mudou, tal páginas de livro que, esvoaçado pelo vento, apresenta as suas páginas em rapid motion (aqui recordo a imagem do livro de João Paulo II, em cima daquela caixa de madeira a que se convencionou chamar numa palavra feia "caixão", no dia do seu velório). Em cima da mesa encontro revista da Ordem dos Advogados em que na capa figura D. José Policarpo que fala do mundo. Uma voz avisada, prudente, esclarecida e sobretudo pedagógica e interpelante sobre a actualidade, sem deixar de ter um enraizamente fundo e sapiencial. Muda