Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2019

Reforma do Estado

Imagem
1. Leio no http://www.crescimentosustentavel.org/publicacoes ) Manifesto para um Estado Moderno" (2018) da Plataforma para a Competitividade):  "Em qualquer das três crises financeiras vividas pelo Portugal democrático constatou-se uma rápida capacidade de adaptação dos Portugueses e das empresas nacionais. Como no passado, o mais recente processo de ajustamento – ainda em curso – pauta-se, como já sublinhado, pelo crescimento das exportações e pela correção do desequilíbrio das nossas contas externas; e, mesmo que de forma nem sempre virtuosa, a despesa e o défice públicos foram reduzidos. Deve ainda sublinhar-se que desta vez o ajustamento não dispôs já dos instrumentos monetário e cambial. Mas é uma ilusão pensarmos que estes resultados estão consolidados. E isso deve constituir motivo de preocupação para todos nós. Nas duas anteriores crises a economia portuguesa também se ajustou de forma rápida; e, ainda assim, evidentemente, fomos incapazes de criar as con

Tira a mão do queixo não penses mais nisso

Imagem
«Tira a mão do queixo não penses mais nisso o que lá vai já deu o que tinha a dar quem ganhou ganhou e usou-se disso quem perdeu há-de ter mais cartas p´ra dar E enquanto alguns fazem figura outros sucumbem à batota chega a onde tu quiseres mas goza bem a tua rota Enquanto houver estrada p´ra andar a gente não vai parar enquanto houver estrada p´ra andar enquanto houver ventos e mar a gente vai continuar enquanto houver ventos e mar» Jorge Palma

A disciplina é o jogo de ferramentas essencial para resolver os problemas da vida

Imagem
“ A disciplina é o jogo de ferramentas essencial para resolver os problemas da vida. Sem disciplina nada podemos resolver. Com apenas alguma disciplina, resolvemos só alguns problemas. Com disciplina total podemos resolver todos os problemas. O que torna a vida difícil é que o processo de confrontação e resolução de problemas é doloroso. Os problemas, consoante a sua natureza, evocam em nós frustração, ou desgosto, ou tristeza, ou solidão, ou culpa, ou remorso, ou ira, ou medo, ou ansiedade, ou angústia, ou desespero… no entanto, é neste processo de confrontação e resolução de problemas que a vida adquire significado… os problemas apelam à nossa coragem e sabedoria; na verdade, criam a nossa coragem e sabedoria… a maior parte de nós não é assim tão sábio. Receando a dor, quase todos nós, em maior ou menor grau, tentamos evitar problemas. Proscrastinamos, esperando que desapareçam. Ignorarmo-los, esquecemo-los, fingimos que não existem. Tentamos rodear os problemas em vez de os enca

"Um futuro que não nos pertence"

Imagem
Cruzei-me por acaso no outro dia com este texto, vale a pena lê-lo: "Ao longo de toda a nossa vida, não contribuímos senão com uma pequena parcela para o empreendimento que é a obra de Deus. Nada do que começamos ficará completo, nada daquilo a que nos propomos será verdadeiramente terminado por nós, porque o Reino é muito mais vasto, estender-se-á muito para além do espaço curto de uma vida. Porque nenhuma frase diz tudo o que poderia ser dito. Nenhuma oração expressa totalmente a nossa fé. Nenhuma confissão nos libertará para sempre do pecado. É isto que somos, é disto que somos feitos. Semeamos as sementes que um dia darão fruto. Regamos sementes que alguém semeou porque sabemos a promessa de vida que elas guardam em si. Espalhamos adubo que produz efeitos muito para além das nossas capacidades. Lançamos alicerces sobre os quais alguém construirá. Não podemos fazer tudo. E como é profundamente libertador perceber isso! Porque perceber que não podemos fazer tudo pe

Até onde ir? O ambiente que o Homem cria

Imagem
Recentemente estive em Palmela, junto à Arrábida. Percorri o caminho dos moinhos na Serra do Louro, por onde se consegue, do alto, espreitar o estuário do Sado. Tem-se ouvido na comunicação social discutir sobre as obras de dragagem que se pretende fazer para permitir que navios de maior calado entrem no Porto de Setúbal. É por aí que são escoados os automóveis da Auto-Europa, calculo que também os produtos da grande unidade da Navigator. Quando se passeia na Arrábida, a beleza é extraordinária.  Ontem, tive a jantar em minha casa a voz da BBC Vida Selvagem, Eduardo Rêgo. Ele dizia que para curar problemas como a depressão - em vez dos ansiolíticos que se dão - um passeio no campo é um balsâmo que os médicos  deviam receitar. Porque não?! Lembro-me também não há muito tempo ouvir o mesmo de Juhani Pallasmaa. A natureza é muito importante e não podemos dar cabo dela. Durante muitos milénios, o Homem foi trabalhando a natureza e adaptando-a às suas necessidades. O seu p

Os pássaros quando morrem caem no céu

Imagem
Gosto da liberdade dos poetas, que sabem olhar para as coisas e ver.  Sabem encontrar o dentro - e não classificam.  Ver dá vida, classificar mata. É um pouco aquilo que se diz do Espírito e da Letra, ou da Poesia e da Gramática. Os poetas s abem encontrar o palpitar e a reverbação na passagem.  Florbela Espanca diz-nos que ser poeta é ser mais alto, ser maior dos que os homens, ser mendigo e dar como quem seja, rei do reino  Aquém e de Além Dor! Nunca um economista diria que um mendigo pode ser rei, mas q uem é poeta é naturalmente rico aos seus próprios olhos.  Tenho a convicção clara de que o melhor da vida não se compra. No fim-de-semana passada subi à colina do Castelo. Um guitarrista tocava melodias lindíssimas. Encostei-me a um muro a ouvir, contemplando um jardim com árvores floridas. Não gastei um cêntimo, apenas a sola dos meus sapatos. Mas recompensei com uma moeda dum euro aquele artista que fizera o meu dia melhor.  Certo dia escrevi sobre uma personagem de fi