Mensagens

A mostrar mensagens de Setembro, 2020

Livros e artigos, Portugal como pano de fundo

Imagem
1. Porque escrevi o livro do Tivoli ? No outro dia conversava com o João Brandão e ele contou-me uma história, que conduzia ao propósito das coisas. Nesse novo projecto pergunta-te: " o que te move? " Na verdade não sei porque escrevi o livro do Tivoli. Foi uma tarefa árdua, levou muito tempo, também gastei muito dinheiro. É habitual que ofereça a outas pessoas com muito mais gosto outro livro que fiz: " uma Educação com Sentido, uma reflexão sobre a Escola, hoje ". Sinto que nele dei muito de mim, que foi um esforço muito pessoal de pensar o que é para mim uma educação, uma verdadeira Educação, daquelas que se escrevem com letra maiúscula. O livro do Tivoli foi uma grande empreitada, talvez maior do que desejaria, teve momentos bons de conhecer pessoas, de olhar para o passado. Mas nada disso vivi ou presenciei e houve domínios do livro muito técnicos. Mas esse passado também me fala do que ficou e do que foi a cultura numa grande parte do século XX em Lisboa. Foi